• Google Maps leva trânsito em tempo real e outras funções para o desktop.

    O novo Google Maps, disponível em versão de pré-visualização desde maio, enfim chegará aos usuários de desktops de todo o mundo, em definitivo, “nas próximas semanas”. A confirmação é do próprio Google, em post no seu blog Google Lat Long na última quarta-feira (19)[...]

  • Facebook compra o aplicativo WhatsApp por US$ 16 bilhões.

    Mark Zuckerberg elogiou app que tem 450 milhões de usuários. 'Serviços que atingem a casa do milhar são incrivelmente valiosos', disse[...]

  • Negócio em casa é realidade para milhões de brasileiros

    Quase 80% dos artesãos trabalham na própria residência, porém vale separar ambiente doméstico daquele dedicado à atividade profissional.[...]

www.infotechshop.com.br

sexta-feira, 27 de março de 2015

Crie seu próprio e-commerce (com uma ajudinha do Magazine Luiza)

Magazine Luiza lançou essa semana uma ideia bacana de venda de produtos que deve agradar quem gosta de tirar uns caraminguás usando a internet. Chamado Magazine Você, a proposta é permitir que você tenha sua loja de e-commerce baseada nos produtos do Magazine Luiza. É uma loja só sua, personalizada com o que você quiser vender e o melhor: com uma porcentagem das vendas caindo diretamente no seu bolso.
Como o responsável por montar a loja é você, fica a seu cargo quais produtos vão aparecer e em qual ordem. É possível escolher no máximo 60 dos vários produtos disponíveis, com 12 sendo estoque de segurança.



Quando ela estiver pronta, basta espalhar o endereço dela pelo seu perfil no Facebook ou Orkut, utilizando aplicativos que o Magazine Luiza criou especialmente para esse fim. Já o resto da compra (como pagamento, entrega, garantia etc.) fica por conta deles.
Diferentes categorias de produtos geram diferentes porcentagens, mas elas variam sempre entre 2,5% e 4,5% do valor do produto. Essa comissão, aliás, é paga semanalmente, desde que o valor mínimo de R$ 50,00 seja atingido.
Para se cadastrar é bem simples: basta colocar seu CPF, os dados bancários para receber a comissão e começar a criar a loja. Se você já tiver uma conta no Magazine Luiza, melhor ainda, seus dados já serão puxados de lá mesmo.

Conheça a nossa loja no Magazine Você: Clique Aqui.

www.magazinevoce.com.br/magazinesaltori

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Nasa lança satélite para medir CO2 na atmosfera


A agência espacial americana (Nasa) lançou na madrugada desta quarta-feira um satélite para medir o nível de 
dióxido de carbono na atmosfera, o gás com maior incidência no aquecimento global.
O Orbiting Carbon Observatory-2 (OCO-2) foi lançado a bordo do foguete Delta 2 às 09H56 GMT (06h56 de Brasília) 
da Base Vandenberg da Força Aérea Americana, na Califórnia (oeste dos Estados Unidos).
O lançamento bem sucedido foi um alívio para a Nasa, após duas tentativas fracassadas de colocar o satélite
em órbita, em 2009 e 2011, devido a problemas com o funcionamento do foguete.
Uma outra tentativa, nesta terça-feira, foi abortada no último minuto, devido a um problema com o fluxo de água
do lançador.
O OCO-2, muito similar ao OCO-1 - destruído durante o lançamento em fevereiro de 2009 -, vai se unir agora ao 
A-Train, um conjunto de outros cinco satélites internacionais de observação da Terra.
Ele será o principal observatório da frota a girar ao redor do planeta a cada 99 minutos para fazer observações 
quase simultâneas.
Sua missão vai durar pelo menos dois anos, com a realização de medições das fontes de emissão de CO2 
e dos poços de carbono em toda a Terra pra permitir que os cientistas estudem melhor as mudanças com dados 
atuais. "A missão do OCO-2 fornecerá as imagens mais detalhadas até agora das fontes naturais de dióxido de 
carbono, assim como de seus sumidouros, locais da superfície da Terra onde se elimina o dióxido de carbono 
atmosférico", anunciou a Nasa.
"O observatório estudará como essas fontes e sumidouros se distribuem no mundo e como mudam com o passar 
o tempo", acrescentou.O OCO-2 fará 24 medições por segundo do carbono na atmosfera, cerca de um milhão 
por dia. Mas as nuvens são um grande obstáculo.
Seu campo de visão é de, aproximadamente, três quilômetros quadrados, razão pela qual até as nuvens mais 
tênues podem ofuscar as medições.A Nasa acredita que cerca 100.000 das instantâneas que o satélite capturar 
serão úteis por estarem livres das nuvens.Kevin Gurney, professor associado da Universidade Estadual do Arizona, 
Tempe, disse que o satélite contribuirá com outros esforços financiados pela Nasa para medir as emissões de 
combustíveis fósseis."Este levantamento e o OCO-2 serão parceiros", disse Gurney. 
"Os dados que eu produzir sobre os movimentos de baixo para cima (do CO2), junto com a medição dos 
movimentos de cima para baixo que o OCO-2 fizer" permitirão "fechar o balanço do carbono".
Em abril, as concentrações de CO2 na atmosfera superaram as 400 partes por milhão(ppm) no hemisfério norte, 
seu nível mais elevado nos últimos 800.000 anos, destacou a Nasa.
A combustão de fontes fósseis (hidrocarbonetos, gás natural e carvão) e muitas outras atividades humanas lançam 
cerca de 40 bilhões de toneladas de CO2 na atmosfera a cada ano, o que gera um acúmulo sem precedentes deste
gás de efeito estufa.Os climatologistas concluíram que o aumento das emissões de CO2, resultante das atividades 
humanas, sobretudo com a combustão fóssil e o desmatamento, modificaram o equilíbrio natural do carbono na 
Terra, o que gera um aumento das temperaturas e uma mudança do clima na Terra.Hoje, menos da metade do CO2 
emitido pelas atividades humanas fica na atmosfera, segundo cientistas.
Parte do restante é absorvida pelos oceanos, mas os poços de carbono terrestres ainda não foram identificados 
em sua totalidade e ainda não se entende muito bem seu funcionamento, acrescentaram.
Fonte: Terra

domingo, 9 de março de 2014

Vendas de tablets devem passar as de PCs em 2015, diz consultoria

Em 2015, tablets devem vender 300 milhões de unidades em todo o mundo.
Previsão para 2014 é que PCs ainda vendam mais do que tablets.

Samsung lança Milk - Serviço de streaming de musica gratuito.

A briga entre Samsung e Apple continua. O movimento da vez foi feito pela Samsung. A fabricante sul-coreana lançou nesta sexta-feira um serviço para streaming de músicas grátis, o Milk, que já está disponível na loja de aplicativos Google Play de algumas regiões.

Microsoft vaza atualização do Windows 8.1 por acidente

Um acidente foi responsável pelo vazamento das primeiras atualizações do Windows 8.1 da Microsoft, segundo informações do Mashable.

Compra da WhatsApp pelo Facebook contestada em nome do direito à privacidade

Duas organizações de defesa do direito à privacidade na Internet estão a pressionar a Comissão Federal do Comércio dos Estados Unidos (Federal Trade Commission, uma agência governamental de protecção dos consumidores) para travar a compra da WhatsApp pelo Facebook, anunciada há cerca de duas semanas.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Bitcoin: revista diz ter encontrado criador da moeda virtual

O criador da moeda virtual Bitcoin, Satoshi Nakamoto, pode ter sido encontrado na Califórnia pela repórter Leah McGrath Goodman, da Newsweek. O nome do fundador da moeda era tido como um pseudônimo, mas segundo reportagem da revista, Satoshi Nakamoto é o seu nome verdadeiro. Até então, ninguém conhecia o fundador pessoalmente, e muitos desenvolvedores do Bitcoin nunca tinham nem falado com ele por telefone.

A jornalista encontrou diversos homens com este nome nos Estados Unidos, mas nenhum se encaixava no perfil procurado. O suposto fundador da plataforma teria mudado de nome em 1973 para Dorian Prentice Satoshi Nakamoto.
Facebook Google+ Twitter RSS